segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Hoje

Vai ser dia para matar saudades das grandes amizades.
Have a nice day.


sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Faço tudo ao contrário

E ainda bem.

Pursue

Tenho planos. Grandes planos que por enquanto não passam de rabiscos numa folha guardada não sei bem onde. Mas sei que lá estão, extraordinariamente bem pensados e à espera que eu os passe a limpo e os torne numa nova página bem escrita. Penso, repenso, mudo de ideias, faço hoje assim, amanhã de uma maneira completamente diferente. Mudo, e comigo mudam os meus rabiscos e planos. Mas dia a dia vou tornando cada coisa mais real, cada coisa mais minha. Vou atrás dos meus planos para concretizar os meus sonhos. E nessa busca incessante, entre aquilo que é certo e aquilo que eu quero para mim, percorro caminhos desconhecidos, conheço o que não conhecia, voo, daqui para fora. Mas não há nada melhor, nada nada mesmo, do que poder regressar, saber que tenho o meu porto seguro, por mais quilómetros que percorra, por mais limites que transponha, corra bem ou corra mal, consiga superar desafios ou limitar-me a delinear novos. Eu sei onde pertenço. E volto sempre.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

F.P


Sucess


E hoje, com todas as notas lançadas e semestre terminado oficialmente, posso sentir-me confortavelmente orgulhosa com todo o trabalho destes meses. Nem sempre os inícios fazem um prenuncio daquilo que vai ser o resto do semestre e felizmente estou a conquistar tudo aquilo que desejei. E com um bocadinho de esforço extra no segundo semestre (e sorte, claro) as contas finais hão-de de subir as seis décimas que faltam e somar uma média linda de dezassete valores. Vamos nessa. A mim nunca ninguém me impõe limites.

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Nunca mais é muito tempo

Desde pequena que tenho dificuldades em encontrar as pessoas certas, a quem posso chamar amigas. Ainda hoje sou um bocadinho assim. Mas tenho a certeza que todos os erros que cometi me trouxeram a uma posição diferente. E por isso mesmo tive a sorte de me cruzar com pessoas que valem a pena. O que me destrói, no meio de tudo isto, é a saudade. Tudo aquilo que era bom demais, acabou. Tive de dizer adeus, um adeus temporário, que me fez sentir cheia de força porque a distância não destrói amizades. Mas a verdade é que a saudade tem um poder muito maior do que tudo o resto. E lembrar-me de tudo o que foi e que deixou de ser custa mais do que pensava. Eu nunca me vou esquecer. Vão continuar a ser as melhores de tudo! A melhores madeirenses, as que nos oferecem as fogaças mais deliciosas do país, as que nos ensinam como se fossem mães, as piadas durante as aulas mais secantes de sempre, as viagens à descoberta do país, os jantares, os livros, os filmes, as noitadas de estudo e nas discotecas, o apoio incondicional que partilhávamos umas com as outras por nos encontrarmos todas na mesma situação. Posso já não ter nada disto, mas tive, um dia. E a saudade é forte, mas não vou deixar nunca nunca que se sobreponha a todas as memórias. Posso nunca mais ter a sorte de encontrar pessoas maravilhosas como vocês, tão simples mas com tanto para contar... Por isso hoje, lembrei-me de todas. Grande beijo!

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Dos desafios

Não sei o que é que poderá resultar daqui mas a verdade é que já iniciei, finalmente, o tal projecto pessoal que estava em lista de espera. Tenho duas opções: ou me dedico e levo isto para a frente e torno-me uma cozinheira em part-time, ou, como já aconteceu antes, deixo-me enganar pela preguiça e falta de vontade e vai tudo parar à terra do nunca.
Criei um blog de food & travel versão gourmet. A ideia é isto funcionar muito bem, cheio de ideias inovadoras que partem das minhas experiências e da minha irmã. Mas isso é só a ideia. Vamos ver como corre! 

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Boas notícias!

Até dá alegria a uma pessoa que está fechada em casa a estudar para o exame!
Podem vir mais umas duas destas, sachabor.


sábado, 5 de janeiro de 2013

Não é bom, é divinal


Tinha grandes expectativas e foram largamente superadas. Fiquei surpreendida por ser tuuuuuudo tudo cantado do início ao fim, mas liguei-me de tal forma ao filme que só no fim é que me apercebi do rímel por toda a cara e de ter o casaco lavado em lágrimas. É maravilhoso. Uma grande inspiração.
Um must para 2013!

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Chapter 2013 - Page 2 of 365

Janeiro promete. Promete ser o início do ano que mereço, promete trazer muitas coisas novas. Vou finalmente ter coragem para deitar fora o conteúdo de muitas caixas que continuam a ganhar pó, vou ler os livros que aguardam há tanto na prateleira, vou ao cinema ver grandes filmes, vou estudar muito para o único exame obrigatório, vou fazer as malas para um fim de semana com amigas, vou escrever, tocar e viajar para fora do país. Os bons anos, repletos de coisas boas, somos nós que os fazemos. Não podemos ficar sentados à espera que venham ter connosco, porque não vêm.


Para este querido ano